Caprichosos de Pilares
Like

Caprichosos faz final de samba nesta sexta

20 de setembro de 2013
139 Vizualizações
0 Comentários
6 minutes read
Caprichosos faz final de samba nesta sexta

Hoje é o grande dia da Caprichosos de Pilares. A quadra está prontinha para receber o público. Com atrações como o grupo Pegada Brasileira e convidados, além de um supershow de gafieira, não é de se estranhar que quase todos os camarotes já estejam vendidos. Mais de 120 mesas foram alugadas e dezenas de ingressos, vendidos antecipadamente.

Convicto de que a final será mais um sucesso, o presidente da escola, Cézar Thadeu, informa que repetirá a receita dos demais anos no que tange à escolha do samba: “Julgaremos com a transparência de sempre e vencerá a obra que a agremiação realmente quiser. Digo isso porque, como de costume, ouvirei todos os segmentos. Deste modo, acredito, vem dando certo”, diz ele, revelando ainda que o anúncio do campeão deverá ser feito por volta das 4h e a apresentação do primeiro samba prevista para 1h.

O primeiro samba a subir ao palco será o da parceria 10, formada por Sylvinho, Dudu Mendes, Tuil Pontes, Geraldo Filho e Cláudio Bacana. Concorrendo a uma final em Pilares pela segunda vez consecutiva, estão todos acreditando que a sorte agora mudará de lado: “Com todo respeito aos colegas, nossa composição está perfeita, está mesmo na briga. A bateria se encaixou bem ao nosso samba, que está sendo bastante cantado na quadra. Não há como não ficar confiante”, comentou Dudu, que é tricampeão na Cabuçu, venceu disputas ainda na Lins Imperial, Flor da Mina do Andaraí, Porto da Pedra e Unidos da Tijuca. “Sylvinho é tetra na Cabuçu e o Tuil já ganhou na Lins Imperial, Em Cima da Hora e integrou o time campeão do Salgueiro ano passado”, completou.

Em seguida, os microfones ficarão com a parceria 06: Jorginho Moreira, Frank, Rafael Gigante, Victor Rangel, Max Colonna e Edinho de Pilares. Construída especialmente para este carnaval, a parceria teve como entusiasta Jorginho Moreira, campeão na disputa de 2009. Já vitorioso na Beija-Flor, ele convidou Frank, bicampeão em Pilares, Edinho e Gigante, que costuma competir na São Clemente e venceu na Rosa de Ouro e Vila Santa Tereza. Este último, por sua vez, chamou Victor, seu companheiro há 5 anos: “E temos um novato. Este é o primeiro ano do Max, que é músico e um amigo de longa data”, conta Rafael, revelando ainda o quanto demorou para nascer o samba do seu time. “Levamos cerca de 2 meses, com algumas ligações nas madrugadas. Estamos convictos de que abordamos todos os tópicos do enredo”.

Logo depois, será a vez de Noca da Portela. Ele, que dispensa apresentações, forma a parceria 09 com o filho Noquinha, JB, Anderson Maia, Nelsinho e Diogão Pereira. E é mais uma formação nova. Anderson disputa em Pilares pela 2ª vez, Nelsinho escreve normalmente para Renascer e venceu na Engenho da Rainha, enquanto JB já comemorou uma vitória na Caprichosos em 98, tal qual Noquinha. Este, aliás, sempre teve Diogo, o sobrinho e integrante do grupo DNA do Samba, em sua companhia e há 5 anos participa dos concursos com o pai: “Eu disputei samba na Caprichosos de98 a2005, depois fiquei com meu pai na Portela. Desta vez, eu o convidei. Ele conhece mais a Lapa do que eu, então achei que seria uma boa e que ele se interessaria. E isso aconteceu. É do ‘velho’ boa parte da letra que também ganhou nossas contribuições”.

 

Encerrando as exibições, aquela que se pode chamar de ‘a parceria da comunidade’, a de nº 07, formada por Aurélio Proença, Paulo Apparício, Mauro Speranza, Naldo da Carne de Sol, Mauro do Gato e Márcio do Swing: “Só competimos aqui porque somos de Pilares e adjacências, Caprichosos de coração. Só o Apparício escreve para outra escola, a Portela. Mas eu e ele estamos na disputa há 8,10 anos, nem sei mais quanto tempo… e vencemos três vezes. O Mauro e o Márcio também já ganharam e foi quando a agremiação estava no Grupo Especial. Só falta o Naldo. Se o nosso samba for escolhido, acho que ele vai sofrer um infarto”, brinca Aurélio Proença. “E vamos partir pra cima! Aliás, já estamos. O carro de som toca nossa obra o dia inteiro. Ano passado chegamos à final e em 2011 ganhamos todos os prêmios possíveis. Outra vez fizemos um samba pra levantar a galera e representar com muita honra a azul e branca. Queremos, acima de tudo, a Caprichosos de volta à elite do carnaval”.

Os ingressos antecipados custam R$ 10 e na hora serão R$ 15. A quadra da Caprichosos de Pilares fica na Faleiro, nº 1, embaixo do Viaduto Inhaúma-Pilares. Mais informações pelo tel. 3822-6246. Censura livre.

Fechado para novos comentários.