Caprichosos de Pilares
Like

Caprichosos tem novo casal

22 de maio de 2014
157 Vizualizações
0 Comentários
3 minutes read
Caprichosos tem novo casal

Apesar de nunca terem dançado juntos, a semente da amizade plantada há alguns anos germinou e irá florescer no próximo desfile da Caprichosos de Pilares. Os amigos Luis Felipe e Thaisa Barros formam o novo primeiro casal de mestre-sala e porta-bandeira da azul e branca da Zona Norte. A dupla promete muito empenho para alcançar todas as notas máximas para a agremiação.

– Tô muito feliz com essa nova fase na minha carreira. Não digo que vou começar do zero, mas é um recomeço em uma escola que, na minha opinião, nunca teve cara de grupo de acesso. Vamos fazer um trabalho diferente e em conjunto com toda a equipe que está sendo formada. Minha família, a Thaisa e eu fomos muito bem acolhidos e dedicação não vai faltar da nossa parte – garante Luis Felipe, que começou na Grande Rio, como mestre-sala mirim, há 18 anos.

Aos 31 anos de idade, Thaisa Barros chega após boas passagens por Acadêmicos de Santa Cruz e Tradição, onde começou na escolinha de mestre-sala e porta-bandeira dirigida por Julinho, hoje na Unidos da Tijuca, e a grande Vilma Nascimento. Ela falou sobre a relação de amizade que já tinha com Luis Felipe.

– A minha expectativa é a melhor possível. O Felipe e eu tínhamos muita vontade de dançar juntos. Isso agora acontece em uma escola tradicional. Era tudo o que eu queria. Nos conhecemos em eventos de samba e fizemos amizade desde então. Temos os mesmos gostos e pensamentos. Nunca dançamos juntos, mas já estamos ensaiando e essa relação facilita muito para trabalhar.

Luis Felipe e Thaisa Barros serão coreografados por Marcella Alves, atual porta-bandeira do Salgueiro e ex-profissional da Caprichosos.

– Essa iniciativa partiu da escola. Já estávamos buscando uma pessoa para ajudar e surgiu o nome da Marcella. Uma pessoa que conta com a nossa admiração e é uma grande porta-bandeira. Já fomos apresentados e vamos trabalhar com muita seriedade – acrescenta Thaisa.

Já o mestre-sala, de 24 anos, passou os últimos três carnavais como primeiro mestre-sala da Grande Rio e acredita que a experiência na elite do samba pode ajudar no julgamento em 2015.

– Acho que isso influencia sim. O olhar para quem já dançou no Grupo Especial é diferente, com mais admiração. Nunca desfilei no Grupo de Acesso. Será um desafio e eu vou vencer esse desafio.

Em2015, a Caprichosos de Pilares levará para a Marquês de Sapucaí o enredo ”Na minha mão é + barato!”, que será desenvolvido pelo carnavalesco Leandro Vieira.

Fechado para novos comentários.