O Mundo do Samba
Like

Coletiva em BH lançou enredo do Salgueiro

4 de junho de 2014
240 Vizualizações
0 Comentários
2 minutes read
Coletiva em BH lançou enredo do Salgueiro

A culinária mineira será tema do enredo do Grêmio Recreativo Escola de Samba Acadêmicos da Salgueiro no ano de 2015. O anúncio foi feito nesta quarta-feira, dia 4,em Belo Horizonte(MG), pela presidente da Salgueiro Regina Celi, familiares da renomada cozinheira Dona Lucinha, de 82 anos, e do deputado Fred Costa (PEN), intermediador da homenagem. Também presentes o diretor de Carnaval da Salgueiro, Dudu Azevedo, o casal de carnavalescos Renato Lage e Márcia Lage, a autora do livro ‘História da Arte da Cozinha Mineira por Dona Lucinha’ (Editora Larousse Brasil, 2010, 173 páginas), Regina Clementino Nunes, no qual se baseará o enredo e o secretário de Turismo, Tiago Lacerada, representando o governo do Estado de Minas Gerais.

De acordo com a presidente do Salgueiro, Regina Celi, o filho da cozinheira, José Marcílio Nunes e o deputado estadual Fred Costa (PEN) sugeriram o tema à escola. “Vamos falar da história da culinária mineira, um tema que agradou aos nossos carnavalescos. Eles ainda estão desenvolvendo o enredo”, afirma a presidente Regina Celi. Resultado de uma parceria privada, a presidente do Salgueiro que ainda não há valores definidos para a parceria, garantindo que não haverá verba pública envolvida no desenvolvimento do projeto.

Interlocutor da homenagem que visa, entre outros, à valorização da gastronomia, cultura e turismo de Minas Gerais, Fred Costa, presidente do Partido Ecológico Nacional, explica a importância do reconhecimento. “É a união de duas tradições: a culinária mineira e o Salgueiro, ambas conhecidos e admirados nacionalmente”, disse o deputado, que ainda completou “as cores de Minas estarão bem representadas pela escola, que também veste as nossas cores: vermelho e branco”.

O casal de carnavalescos Renato e Márcia Lage ainda está desenvolvendo o tema, mas os personagens e a história de Minas Gerais devem estar na apresentação da escola de samba. Dona Lucinha é Maria Lúcia Clementino Nunes e tem 82 anos. Seu restaurante tem filiais em Belo Horizonte e São Paulo.

Fotos: João Gabriel

Fechado para novos comentários.