Manchete
Like

Deu Alemão na Mangueira

4 de outubro de 2015
267 Vizualizações
0 Comentários
4 minutes read
Deu Alemão na Mangueira

alemãoEm noite de casa cheia no Palácio do Samba, a Mangueira definiu que, no Carnaval 2016, o seu desfile será embalado pelo samba da parceria formada por Alemão do Cavaco, Almyr, Cadu, Lacyr D Mangueira, Paulinho Bandolim e Renan Brandão. O resultado foi anunciado por volta das 4h30 pelo presidente Chiquinho da Mangueira após uma reunião em que 40 integrantes da comunidade da agremiação fizeram uso do seu direito de voto. A RÁDIO ARQUIBANCADA foi um dos veículos de imprensa convidados a assistir à votação e atestou que a vitória da parceria de Alemão foi por uma vantagem substancial em relação ao seu principal concorrente, o samba de Lequinho e parceiros.

A cantora Maria Bethânia, homenageada pela escola, marcou presença no camarote presidencial e acompanhou, com bastante interesse, a apresentação das três parcerias finalistas. Em vários momentos, Bethânia foi flagrada gravando vídeos ou tentando acompanhar as obras. O primeiro samba a se apresentar, da parceria de Pedrinho da Flor, mostrou o porquê de ter sido finalista. Defendido com competência por Ronaldo Yllê, ainda contou com o importante reforço de Wander Pires, que chegou em meio à sua apresentação.

A parceria de Lequinho foi a segunda a se apresentar e o fez de forma bastante convincente, arrebatando a quadra nos refrãos e trazendo uma torcida muito forte. Tinga foi o intérprete e deu um show à parte. O samba campeão foi o último a se apresentar e justificou na quadra o porquê de ter sido apontado por muitos especialistas como o favorito para a final. Muitos frequentadores da quadra cantaram juntos e vários segmentos da verde e rosa manifestaram seu apoio à obra.

Ouça o samba da Mangueira em exclusiva versão ao vivo:

Raiou… Senhora mãe da tempestade
A sua força me invade, o vento sopra e anuncia
Oyá… Entrego a ti a minha fé
O abebé reluz axé
Fiz um pedido pro Bonfim abençoar
Oxalá, Xeu Êpa Babá!
Oh, Minha Santa, me proteja, me alumia
Trago no peito o Rosário de Maria
Sinto o perfume… Mel, pitanga e dendê
No embalo do xirê, começou a cantoria

VOU NO TOQUE DO TAMBOR… Ô Ô
DEIXO O SAMBA ME LEVAR… SARAVÁ!
É NO DENGO DA BAIANA, MEU SINHÔ
QUE A MANGUEIRA VAI PASSAR

Voa, carcará! Leva meu dom ao Teatro Opinião
Faz da minha voz um retrato desse chão
Sonhei que nessa noite de magia
Em cena, encarno toda poesia
Sou abelha rainha, fera ferida, bordadeira da canção
De pé descalço, puxo o verso e abro a roda
Firmo na palma, no pandeiro e na viola
Sou trapezista num céu de lona verde e rosa
Que hoje brinca de viver a emoção
Explode coração

QUEM ME CHAMOU… MANGUEIRA
CHEGOU A HORA, NÃO DÁ MAIS PRA SEGURAR
QUEM ME CHAMOU… CHAMOU PRA SAMBAR
NÃO MEXE COMIGO, EU SOU A MENINA DE OYÁ
NÃO MEXE COMIGO, EU SOU A MENINA DE OYÁ

 

Fechado para novos comentários.