Lierj
1

Em nota oficial, Lierj afirma que Série A em 2018 terá 13 escolas

10 de março de 2017
9321 Vizualizações
0 Comentários
3 minutes read
Em nota oficial, Lierj afirma que Série A em 2018 terá 13 escolas

A Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (LIERJ) esclarece que, ao contrário do que foi divulgado pelo G.R.E.S. União do Parque Curicica, não houve qualquer decisão pela ascensão de mais uma escola de samba oriunda da Série B para o Carnaval 2018.

A Lierj ressalta que realizou uma reunião na sede da entidade na última quinta-feira (9) com o objetivo de tratar assuntos internos e administrativos relativos ao Carnaval de 2018 e que, por isso, foram convocadas somente as agremiações que estão aptas para a participação no ano supracitado.

Embora o tema não estivesse na pauta, um representante de uma agremiação sugeriu ao plenário que, em função de não ter acontecido rebaixamento no Grupo Especial, fosse alçada à Série A a segunda colocada da Série B. A diretoria da Lierj, no entanto, frisou que, para o tema ser levado adiante, eram necessários mais debates com as escolas filiadas, além de um levantamento interno que pudesse viabilizar ou não o fato. Após estudos, entretanto, foram descartadas quaisquer hipóteses do Carnaval de 2018 da Série A contar com 14 agremiações.

Sendo assim, conforme previsto em regulamento (disponível no site oficial) e, como não houve rebaixamento no Grupo Especial, a Série A será formada no próximo ano por 13 agremiações.

A Lierj ressalta que mantém o compromisso de transparência em todos os atos administrativos, característica que ajudou a transformar os antigos grupos de acesso A e B em sucessos de público, de organização e de crítica, através da consolidada Série A.

Vale acrescentar, ainda, que todas as informações oficiais sobre a Lierj e a Série A são publicadas exclusivamente no site oficial da entidade – www.lierj.com.br -, além do Facebook – www.facebook.com/Lierj -, do Twitter – www.twitter.com/LierjCarnaval – e do Instagram – www.instagram.com/lierj.

Destacamos, por fim, que a Liga já trabalha no planejamento dos desfiles de 2018, que prometem chamar a atenção mais uma vez pela criatividade nos trabalhos de grandes e promissores artistas, além do profissionalismo na organização e da lisura no julgamento.

Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro
LIERJ

Fechado para novos comentários.