Carnaval 2015
Like

Fábio de Mello volta à Imperatriz

23 de setembro de 2014
182 Vizualizações
0 Comentários
4 minutes read
Fábio de Mello volta à Imperatriz

MICHAELL GRILLO

A Imperatriz Leopoldinense trocou o comando de sua comissão de frente para o Carnaval 2015 a menos de cinco meses da folia. Saiu Deborah Colker e entrou Fábio de Mello, tradicional coreógrafo do carnaval carioca. Fábio está de volta ao comando do segmento revolucionado por ele nos desfiles de escola de samba nos anos 1990, justamente na agremiação que deu oportunidade para ele iniciar o seu trabalho. Seu último trabalho à frente da Imperatriz foi em 2007 quando a escola ficou em nono lugar falando sobre a mitologia nórdica e o bacalhau.

De acordo com Fábio de Mello, o convite partiu do presidente Luiz Pacheco Drumond e o deixou muito comovido:

– O convite para voltar à comissão de frente da Imperatriz me deixou muito emocionado. Fui recebido pela diretoria como um filho que volta para casa depois de longo tempo afastado e estou muito empolgado. Irei trabalhar com humildade, mas com a esperança de vivenciar mais um grande momento em minha carreira na Escola. O presidente me pediu que mantivéssemos as nossas tradições e a marca implementada junto com a Rosa (Magalhães) nos 16 carnavais em que trabalhamos juntos (1992-2007), isto é a criatividade e o impacto –  afirma Fábio.

Sobre o início dos trabalhos para 2015, quando a Imperatriz vai desfilar com o enredo “Axé – Nkenda, um ritual de liberdade. E que a voz da igualdade seja sempre a nossa voz”, de autoria do carnavalesco Cahê Rodrigues, Fábio ressaltou que irá fugir das abordagens africanas tradicionais e espera iniciar os preparativos o quanto antes para ter tranqüilidade e paz durante a execução do trabalho:

– Confio imensamente na arte do Cahê, mas ainda não me reuni com ele. Faremos uma reunião em breve, assim como uma seleção de elenco. Já tenho algumas idéias em mente, mas irei falar com ele primeiro. O objetivo principal da escola é mantermos nosso estilo de sempre: luxo mesclado com a alegria e a criatividade. E creio que sem nenhum trambolhão na abertura da Escola – confidencia o coreógrafo, sem deixar de revelar alguns aspectos do novo trabalho:

-Vamos fugir dos estereótipos afro e partir para o lado emocional garantido pela maravilhosa sinopse do carnavalesco, que tem muito a ver com minha ópera Alabê de Jerusalém, de autoria do Altay Veloso e concebida, dirigida e coreografa por mim durante muito tempo e que recentemente foi lançada em DVD – relata Fábio de Melo.

Será a primeira vez que o coreógrafo irá desenvolver um trabalho com temática africana no Carnaval e se mostra confiante para o novo desafio:

-Receber esse convite para desenvolver um trabalho africano, campo que já tenho contato em óperas e danças, é um verdadeiro presente de Deus em minha carreira. Um privilégio, uma honra que tratarei com muita responsabilidade – revela o artista.

Fábio iniciou a sua carreira como coreógrafo da comissão de frente da Imperatriz em 1992, por onde permaneceu até 2007. O artista também desenvolveu trabalhos na Mocidade, Viradouro, Beija-Flor, Estácio de Sá, Rocinha e Inocentes.

Fechado para novos comentários.