Escolas mirins
Like

Herdeiros da Vila comemora aniversário e apresenta samba-enredo

25 de julho de 2017
202 Vizualizações
0 Comentários
3 minutes read
Herdeiros da Vila comemora aniversário e apresenta samba-enredo

A Herdeiros da Vila comemorou 29 anos de idade nesta segunda-feira, dia 24 de julho, e para celebrar a data a agremiação mirim da Unidos de Vila Isabel realizou uma macarronada na quadra da escola mãe. Houve uma confraternização entre os segmentos e a apresentação da sinopse e do samba-enredo para o Carnaval 2018. No ano que vem, a Herdeiros terá um samba composto por Macaco Branco e Claudia Nel, contando o enredo “Música: o alimento da alma”.

– A Herdeiros tira da comunidade as crianças que estão ociosas. Temos diversas oficinas gratuitas. Aulas de percussão para a bateria, de samba para passistas, da dança de mestre-sala e porta-bandeira. Estamos formando aqui o sambista do futuro, é um grande incentivo para a Unidos de Vila Isabel – afirmou o Dr. Fernando Fernandes, vice-presidente da escola.

No evento, muitos sambistas formados na escola e atualmente se destacando no carnaval marcaram presença. A primeira porta-bandeira da Herdeiros, Carla, também prestigiou a festa.

– A primeira vez que desfilei na Herdeiros da Vila foi em 1994. Comecei em ala normal e depois que entrei na bateria. Antigamente a escola não tinha quadra e os ensaios eram em locais alugados. A bateria ensaiava na casa do mestre Trambique, e como eu era pequeno não tinha como chegar lá em cima do morro. A escola mirim é muito importante porque ensina de fato. Desta forma o samba nunca vai morrer – comenta o músico Macaco Branco, que é um dos diretores auxiliares de mestre Chuvisco.

A Herdeiros da Vila será a décima terceira escola a desfilar no dia 13 de fevereiro de 2018, terça-feira de carnaval.

Clique no player para ouvir o samba:

G.R.C.E.S.M. HERDEIROS DA VILA – CARNAVAL 2018

Presidente: Sônia Rossi
Enredo: Música o alimento da alma
Compositores: Macaco Branco e Claudia Nel

Vamos viajar colorir a vida de alegria
Fazer do céu o mais azul, doce receita da vida
O som que inspira a criação
Me embala nos braços, a linda canção

Vem ver, seu guri na avenida
O quintal de todos sambistas, o herdeiro da inspiração
Vem ver, a melodia de um eterno aprendiz
O dom de compor e fazer o mundo mais feliz

(Bis)
Gira na ponta a bailarina
Entra na roda vem ciranda cirandar
E nessa noite tudo é magia
Meu manto azul vem pra encantar

(Refrão)
Laiá, laiá
Eu mandava ladrilhar
E chamava pai Francisco
Pra tocar o caxangá

Fechado para novos comentários.