Império da Tijuca
Like

Império da Tijuca homenageado na Câmara de Vereadores

30 de maio de 2013
190 Vizualizações
0 Comentários
3 minutes read
Império da Tijuca homenageado na Câmara de Vereadores

Ao som do samba da campeã do carnaval da Série A, em 2013,  quem homenageava as mulheres negras com o enredo “Negra, Pérola Mulher”, e embalados pela dança magistral de  Jaçanã Ribeiro e Peixinho – porta-bandeira e mestre-sala da Império da Tijuca, a Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro recebeu na noite da última terça-feira,  dia 28 de maio, os segmentos do Império da Tijuca na cerimônia de comemoração dos 26 anos do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos dos Negro, o COMDEDINE, em sonelidade organizada pelo gabinete do vereador Leonel Brizola Neto, do PDT.

Em um ano cujos sambas chamaram a atenção pelos temas bizarros e alheios à cultura negra e carioca, matriz do samba brasileiro, a Império da Tijuca brilhou homenageando as mulheres negras e as lutas quilombolas. Os versos compostos pelos compositores Tião Pinheiro, Samir Trindade, Alexandre Moreira, Serginho Aguiar e Felipe Araújo encantaram os presentes no evento. “Louvar os deuses em uma só voz, Oxalá derrame bênçãos sobre nós, nobreza singela, a rosa mais bela, luz da inspiração, negra mulher (…)”, diz a letra do samba da Escola de Samba Educativa Império da Tijuca, nascida há 73 anos no Morro da Formiga, na Tijuca.

“Me sinto honrado de homenagear o COMDEDINE e o Grêmio Recreativo Escola de Samba Império da Tijuca, uma escola que traz no nome uma menção à educação, e que mantém a tradição de trazer ao público o tema da cultura negra, raiz do nosso samba”, disse o vereador Leonel Brizola Neto.

Participaram da mesa a professora Dulce Vasconcellos, presidente do COMDEDINE, a secretária especial de políticas para as mulheres, Ana Rocha, a subsecretária estadual de dependência química e conselheira do COMDEDINE, Suely Murat, a representante da Fundação Palmares, Neia Daniel, o presidente do Grêmio Recreativo Escola de Samba Educativa Império da Tijuca, Antônio Marcos Teles, e Nereida Cado dos Santos, a mais antiga baiana da escola.

Personalidades do mundo do samba, de várias agremiações, integrantes do movimento negro, conselheiros e fundadores do COMDEDINE, como Ordenael Silva e Hélio dos Santos, que integram o Conselho da entidade desde a fundação, há 26 anos, a assessora da secretaria especial de política para mulheres, Vanda Ferreira, e a cientista social e presidente do IPEAFRO – Instituto de Pesquisas e Estudos Afro-brasileiros- Elisa Larkin Nascimento, viúva do senador Abdias do Nascimento, estiveram presentes.

 

Fechado para novos comentários.