Concorrentes 2016
Like

Império Serrano: Samba de Porquinho

2 de junho de 2015
147 Vizualizações
1 Comentários
2 minutes read
no-cover

Compositores: Ivanil Ferreira (Porquinho), Leandro Cardoso, Fernandinho Silva e Jorge Fidélis
Intérpretes: Luizinho Gomes, Raphael Careca, Duda e Raphael Assumpção

logo imperio 2016Grande maior com justiça, história, África
Vida de arte, talento, um gênio musical
Brasileiro, casal negro
Poder no sorriso, abraço amor sincero
Sagrado paz pela fé e esperança
No meu poema mais bonito
Cenário no meu samba que levanta poeira

No meu Império Silas de Oliveira
Dentro do buquê de poesia
Canta Serrinha, iluminado pela luz de Deus

No carnaval Sinfônica ao som do agogô
Na batida do tambor, no toque do violão
O sonho de um artista em seu verso genial
Estrela em suas obras
Bela extraordinária, cultura na raiz
De um sambista no pagode, versado, batido
Na palma damão, também com os pés no chão
Na tamarineira, onde começou bloco da lua
Bandeiras coloridas, festa e dança
Baile, jongo e bebida

Fogueira no Arraiá, casa rua e mulher
Balaio de palha na cabeça
Vendendo cuscuz, melancia, galinha
Ao som do calango, uma batucada de bamba
No porto carregadores açucar e café
Na água de três jacarés
Bahia no seu vatapá, orixás de Xangô
Sapucaí na folia
Magia do divino que ilumina
Coroa imperial com desejo
O céu vai se abrir
Toca sino na igreja
Mistério de jesus do bem
Cantoria, devoção
Alvorada, cortejo e procissão

Consagração da corte, família imperiana
Espetáculo, povo com emoção
De fidelidade e alegria
Felicidade no meu coração