Série A
Like

Júnior Pernambucano deixa o Império da Tijuca

8 de março de 2017
1017 Vizualizações
0 Comentários
4 minutes read
Júnior Pernambucano deixa o Império da Tijuca

O carnavalesco Júnior Pernambucano divulgou, na noite desta quarta (08), sua carta de desligamento do Império da Tijuca. Segue a íntegra:

“Chegou a hora…
Foi com essa frase que dei início ao sonho… A uma oportunidade…
Iniciar no carnaval carioca. Estréia única em minha vida.
Iniciar em uma agremiação amada e respeitada foi um grande presente de Deus. Nunca irei esquecer.
Só que seria muito difícil isso tudo acontecer se não houvesse um caminho aberto. Um amigo que me guiasse ao começo dessa história. Obrigado Mestre Capoeira pela confiança e amizade.
Se um presidente não tivesse apostado no escuro em uma pessoa que ele nunca viu. Nada disso teria acontecido.
Só que foi diferente, ele apostou! E muito!
Me deu a oportunidade que nunca irei deixar de agradecer. Me deu a oportunidade de assumir uma escola onde ele conduz com muito carinho e amor.
Me deu de presente vários momentos felizes com essa agremiação amada e respeitada.
Me proporcionou conhecimento, nome, respeito e amizade.
Nos fundimos entre laços de amizades. Até sua família me acolheu. Me tratam como filho, irmão mais velho… sou o cabeção! Somos os buscapés! Como sempre seremos…
Obrigado Cristina por Tudo! Obrigado Luan e Laynara por estarem presentes comigo em todos os momentos. Mas o agradecimento especial vai ao Pai da família: Vai para o “Te”, Brincalhão, amigo e presidente. Palavras são pouco para agradecer tudo que me proporcionou. Obrigado!!!
Agora vou me despedir do meu Império da Tijuca, onde será sempre meu!!
Minha escola onde iniciei como carnavalesco no Rio. Isso nunca será apagado.
Meu Império da Tijuca, temos momentos que ficará na história.
Meu Império da Tijuca, me presenteou com amigos fiéis. Presente eterno.
Obrigado a velha Guarda, ala das baianas, ala dos Compositores e todos os seguimentos. Obrigado pelo carinho comigo desde do primeiro dia que pisei na quadra, Sempre fui muito amado e querido por todos. Ao Morro da Formiga e a todos os componentes de outros bairros e outras cidades. Meu respeito! Obrigado!
Vou evitar colocar nomes e ser injusto em esquecer alguém, são muitas pessoas envolvidas. Diretores, amigos, fornecedores, atelies, empreiteiros, aderecistas, colaboradores, familiares e amigos pessoais. Que durante esses cinco carnavais estiveram presentes me apoiando e me ajudando muito. Sozinho não somos ninguém! Obrigado a todos vocês. Irei agradecer um por um por tudo pessoalmente.
Só tenho a agradecer!
Mas o meu ciclo para aqui…
Com o coração partido irei entregar meu cargo, onde no momento é necessário.
Foram cinco carnavais onde passamos por muitos momentos difíceis e alegres. Mas vejo no momento na necessidade de parar.
Espero que em outra época as portas estejam abertas.
Pois tenho no fundo do peito muito amor a essa agremiação.
Irei embora!
Até um dia…
‘Meu Império da Tijuca vou exaltar a sua luta…’

Júnior Pernambucano”

Fechado para novos comentários.