Aescrj
Like

Justiça obriga AESCRJ a incluir escolas rebaixadas no sorteio

17 de junho de 2013
121 Vizualizações
0 Comentários
2 minutes read
Justiça obriga AESCRJ a incluir escolas rebaixadas no sorteio

No final da tarde desta segunda-feira (17), a juíza da 6ª Vara Cível do Méier, Bianca Ferreira de Amaral Machado Nigri, concedeu liminar obrigando a Associação das Escolas de Samba (AESCRJ) a incluir as escolas de samba rebaixadas para bloco no último carnaval para o sorteio da ordem de desfiles, que acontecerá nesta noite na quadra da Caprichosos de Pilares. A ação foi impetrada por um grupo de escolas que não aceitou o resultado da apuração, marcada por muita controvérsia. Com a decisão, as escolas Vizinha Faladeira, Flor da Mina do Andaraí e Tradição Barreirense de Mesquita participarão do evento e têm presença garantida no Grupo D no Carnaval 2014.

Segundo a advogada Adriane Gonçalves, que representa as escolas, a Associação não poderia ter marcado o sorteio, já que há uma ação na Justiça pedindo a anulação do resultado. “Assim que teve conhecimento do processo, a AESCRJ se antecipou em marcar o sorteio da ordem de desfiles. Com isso, fizemos um pedido de tutela antecipada e a juíza acatou. Nada poderá ser definitivo em relação ao Carnaval 2014 enquanto o processo não for julgado. Com isso, todas as escolas têm sua participação garantida enquanto o mérito não for apreciado pela Justiça”, explicou.

A AESCRJ, caso descumpra a decisão, pagará multa diária de R$ 2 mil. A audiência que definirá sobre a anulação ou não do resultado dos desfiles da AESCRJ acontecerá no dia 24 de junho.

Fechado para novos comentários.