Eventos
Like

Museu do Samba participará do Samba In Rio

14 de julho de 2015
194 Vizualizações
0 Comentários
5 minutes read
Museu do Samba participará do Samba In Rio

EXPOSIÇÃO MUSEU DO SAMBA NO SAMBA IN RIO CARLOS CACHAÇA E COMPOSITORES DE MANGUEIRAO Museu do Samba do Centro Cultural Cartola vai participar do Samba in Rio Festival, nos dias 18 e 19 de julho, na Praça da Apoteose. A instituição marcará presença com a exposição Samba – Patrimônio Cultural do Brasil, que conta a história do mais brasileiro dos gêneros musicais e presta homenagem aos sambistas criadores das primeiras escolas de samba do Brasil. Na abertura da exposição, sábado, dia 18, às 15h, será lançado o “Dossiê das Matrizes do Samba no Rio de Janeiro”, livro produzido pelo Centro Cultural Cartola, em parceria com a Secretaria Municipal de Cultura, que ganha edição comemorativa pelos 450 anos da cidade do Rio de Janeiro.
A exposição Samba – Patrimônio Cultural do Brasil conduz o visitante desde as origens ancestrais do samba até o desfile das escolas de samba. A viagem histórica parte da África, passa pelas origens do samba na cidade – com as “tias baianas”, Donga e a obra “Pelo telefone”, Ismael Silva e a Estácio de Sá -, exalta a força feminina do samba e os grandes redutos do gênero, como Cacique de Ramos, Zicartola, Cordão da Bola Preta e Samba do Trabalhador. A titulação do samba carioca como patrimônio cultural do Brasil e os grandes sambistas da atualidade também têm destaque no roteiro.
“A exposição apresenta a história da nossa identidade cultural que todo carioca precisa conhecer”, explica Nilcemar Nogueira, diretora executiva do Museu do Samba, convidado para o Samba in Rio devido ao seu reconhecido trabalho de preservação e divulgação do gênero. “O Museu do Samba surge no cenário cultural brasileiro como um novo projeto de ocupação e desenvolvimento de um trabalho de 15 anos promovido pelo Centro Cultural Cartola. Neste novo momento, continua tendo destaque a valorização do samba e de sua memória como uma das mais relevantes manifestações culturais do Brasil”, afirma Nilcemar, que é neta de Dona Zica e Cartola.
O Samba in Rio Festival é produzido pela empresária Babi Cruz e vai levar para a Apoteose shows com grandes nomes do mais carioca – e brasileiro – dos gêneros musicais, além de diversas atrações culturais. Haverá espetáculos com Alcione, Almir Guineto, Arlindo Cruz, Ana Carolina, Beth Carvalho, Dudu Nobre, Fundo de Quintal, Jorge Ben Jor, Martinho da Vila e Nei Lopes, entre outros. O evento conta ainda com feira gastronômica com as tias do samba, oficinas de percussão e de cavaquinho, danças de salão, exposições e workshops.

Sobre o Dossiê das Matrizes do Samba no Rio de Janeiro
Agora lançado em livro, em edição comemorativa pelos 450 anos do Rio, o Dossiê das Matrizes do Samba no Rio de Janeiro é o estudo que serviu de base ao pedido de registro das matrizes do samba do Rio de Janeiro – partido alto, samba de terreiro e samba-enredo – como Patrimônio Cultural Brasileiro. A titulação foi concedida pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), em 2007, em uma festa com a presença do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que recebeu sambistas como Nelson Sargento, Monarco e Zeca da Cuíca, em cerimônia no Rio de Janeiro.
O Dossiê foi elaborado com a colaboração de pesquisadores como Nei Lopes, Sérgio Cabral, Rachel Valença, Helena Theodoro, Lygia Santos, Felipe Trotta e Roberto Moura, entre outros, sob coordenação de Nilcemar Nogueira, diretora executiva do Centro Cultural Cartola – e neta de Dona Zica e Cartola. O estudo e o encaminhamento do pedido de registro foram feitos pelo Centro Cultural Cartola, com apoio da comunidade de sambistas, representada por entidades como a Associação das Velhas Guardas do Rio de Janeiro. O livro foi produzido com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura da Cidade do Rio de Janeiro.

Fechado para novos comentários.