Eventos
Like

Portal do Carnaval é divulgado nas rodas de samba

22 de outubro de 2013
142 Vizualizações
0 Comentários
6 minutes read
Portal do Carnaval é divulgado nas rodas de samba

“No princípio era a roda”, já dizia Roberto Moura, jornalista e pesquisador de samba em sua tese de doutorado sobre as rodas de samba no Rio. Seguindo esse caminho o recém-criado Portal do Carnaval (www.portaldocarnaval.net.br), foi à tradicional roda da Pedra do Sal, na Saúde, reduto de sambistas e apreciadores do samba carioca, apresentar sua proposta de ser um canal gratuito de fomento às oportunidades culturais e de negócios em torno da festa considerada um marco da economia criativa. Os organizadores do ambiente na Internet realizaram um “Brinde ao Portal” nesta segunda-feira (21).

Foi o início de um roteiro de visitas às principais rodas de samba do Rio de Janeiro com o objetivo de divulgar o portal, que se propõe a ser um grande balcão de empregos e negócios do samba. Os principais agentes que atuam na cadeia produtiva deste segmento, que envolve a criação, a produção, até a comercialização dos produtos e serviços poderão se encontrar no Portal do Carnaval.

A proposta é estimular novos negócios entre profissionais, empreendedores, grupos e instituições culturais, sejam escolas de samba, blocos de rua ou clubes. A nova rede social pretende ampliar as oportunidades a partir de informações sobre o mercado de trabalho e a oferta de serviços, produtos, eventos e negócios criativos para o segmento de samba e carnaval, outras festas populares e megaeventos. Segundo dados do Sebrae/RJ, o segmento movimenta cerca de R$ 1 bilhão/ano e emprega direta ou indiretamente 760 mil pessoas.

Estima-se que existam hoje mais de 50 rodas de samba ativas na cidade. O movimento é tão intenso que já está sendo criada em Osvaldo Cruz, bairro do subúrbio carioca, a Liga Cultural de Rodas de Samba, que será a primeira do Brasil. O coordenador do Portal, professor Jair Martins de Miranda, do Centro de Ciências Humanas e Sociais da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio) diz que a ideia é “sensibilizar os profissionais do samba, que movimentam o segmento o ano todo a se cadastrarem no site, onde poderão mostrar seus serviços e abrirem novas oportunidades”.

Além de brindar oficialmente ao portal, foi feita uma exibição de suas funcionalidades, mostrando, num telão, como profissionais que atuam no mundo do samba podem divulgar e promover seu trabalho dentro desse ambiente virtual.

Os participantes conheceram ferramentas como a que permite que apresentem suas experiências e habilidades por meio de um portfólio individual, com inclusão de imagem, vídeo e áudio, tornando o currículo mais completo e atrativo. Miranda crê que o portal ajudará a mapear os profissionais e atividades e cruzar oferta e demanda para estes agentes. “Vamos atrair especialmente os agentes que fazem a cultura do carnaval crescer e se solidificar a cada ano como um importante negócio que gera emprego e renda para milhares de famílias.”, afirma.

Berço do carnaval carioca

Nos últimos anos, lembra Jair, as rodas de samba vêm crescendo e atraem públicos cada vez maiores em diferentes pontos da cidade, seja em locais abertos ou fechados. “Este é um fenômeno que sempre existiu, uma manifestação cultural de base que se perpetua o tempo todo: acaba uma roda e surge outra” – diz Miranda. Ele lembra que foi em rodas de samba tradicionais, como a do Cacique de Ramos, que surgiram grandes revelações, como Zeca Pagodinho, Fundo de Quintal, Jovelina Pérola Negra, Jorge Aragão, entre outros.

Mais sobre o Portal

A página também conta com agenda de eventos e um classificados virtual, onde os interessados divulgam e promovem seus produtos. Outra funcionalidade é o Balcão de Oportunidades, onde podem ser oferecidas oportunidades de trabalho, inclusive voluntário, por parte das instituições. No canal Samba no Mundo, a partir do recurso do Google Maps, é possível identificar os endereços dos integrantes. Para aparecer no mapa, os agentes deverão fazer essa opção na hora do cadastro.

Parceiros – O projeto foi selecionado em edital público proposto pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e Finep (Financiadora de Estudos e Projetos) para projetos inovadores.

A iniciativa é uma realização da Unirio, em parceria com a Associação de Mulheres Empreendedoras do Brasil (Amebras), Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa), Liga das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Lierj), Associação das Escolas de Samba da Cidade do Rio de Janeiro (Aesc-RJ) e Federação dos Blocos Carnavalescos do Estado do Rio de Janeiro (FBCERJ).

O projeto estará nas seguintes rodas de samba nas próximas semanas:

28/outubro (segunda) – Samba do Trabalhador, do Moacyr Luz, no clube Renascença;

02/novembro (sábado) – Roda do Buraco do Galo, em Oswaldo Cruz;

16/novembro (sábado) – Roda da Ouvidor.

Fechado para novos comentários.