Manchete
Like

Porto da Pedra divulga sinopse

18 de maio de 2015
169 Vizualizações
0 Comentários
6 minutes read
Porto da Pedra divulga sinopse

bandeira-porto-da-pedraSINOPSE DO ENREDO

Respeitável público…

É pura magia fazer uma criança sorrir! Hoje se abre na Sapucaí um universo encantado, habitado por belos e puros personagens, que irmanados com o Tigre, estão doidos para participar desta homenagem. O mágico Picadeiro da Porto da Pedra apresentará em plena Sapucaí um tributo ao homem que soube fazer da fantasia e do riso sua arma mais poderosa. Ele era capaz de entrar nos corações das crianças com um simples gesto, com olhar puro e uma cara engraçada. Fez, por décadas, o mundo mais colorido e deu a sua vida para fazer a criançada sorrir, assim foi o Palhaço Carequinha.

Respeitado e admirado por gerações, conquistou amigos e companheiros ao longo de sua carreira. Nesta homenagem, convidamos a todos esses loucos de pedra para embarcar com o Circo do Tigrão. O Picadeiro se ilumina para te homenagear, Carequinha. Somos todos frutos dessa terra que você tanto amou. Hoje, de forma gaiata e bem humorada, seremos a sua Trupe engraçada. Vamos nos vestir de personagens históricos do nosso município para te celebrar! Sou Tamoio, sou Barão, sou cachaça e na corrida vou de bonde folião. Nesse carnaval, São Gonçalo é você!

Hoje tem marmelada? Gritava com sua voz engraçada e todos alegremente respondiam: Tem sim, senhor! Filho do picadeiro nasceu entre risos, tintas, guizos e música. Sonhava em romper a fronteira das lonas circenses e descobriu que pelas ondas do rádio poderia fazer o Brasil sorrir e, assim, virou o Palhaço da Canção. Popularizou as músicas infantis, que davam sempre bons conselhos para a criançada. No carnaval, deixou sua marca agitando os fãs clubes com a música “Fanzoca do Rádio”. Essa canção o tornou campeão da folia nas ruas e nos bailes. E hoje todos juntos, vamos cantar aquela musiquinha, Parabéns Carequinha! A Sapucaí te abraça na magia de suas músicas e cantigas que fizeram a infância de gerações mais bonita e cheia de sonhos!

Hoje vai ter palhaçada! No seu astral envolvente da figura do palhaço, da gola engraçada, o cinema com suas comédias e chanchadas vai celebrizar. A sétima arte leva o rei da gargalhada para as telas do Brasil. O público se encantava com a maestria de suas estripulias, que de bobo nada tinha, afinal o palhaço o que é? Herói da criançada! E com esse perfil bonito, cheio de boa moral e alegria, foi convidado para levar a sua Trupe para inaugurar a programação infantil na televisão. As brincadeiras chegavam às casas brasileiras. O Circo do Bombril estreou na TV Tupi com Carequinha, Fred, Zé Linguiça e o anão Meio Quilo para encantar crianças e adultos! O seu programa teve outros nomes, todos ligados ao circo, pois simbolizava a alegria de viver! Viva a Garotada! Viva o Circo! Tá certo ou não tá? Assim começava suas apresentações que por anos fizeram todo “bom menino” e menina espalhar seu riso por um país inteiro! Viva o Circo Alegre do Carequinha!

E hoje no palco maior das Escolas de Samba, estamos de pé a aplaudir! Você que dedicou sua vida inteira ao riso e encantou presidentes! Você inovou o conceito de palhaço no circo mundial. O Palhaço, antes, era considerado o bobo e ingênuo e, com você, se transformou em herói. O mundo reconheceu seu enorme talento lhe ofertando a Medalha de Ouro do Palhaço Moderno do Mundo, no Concurso Internacional de Palhaços na Itália. Você que fez o imaginário de crianças e adultos viajar no universo fabuloso do Circo, transformando nossas casas num picadeiro de sonhos. Carequinha, você é Patrimônio da Cultura Nacional! Hoje a alegria reside no céu! Todos nós, num só canto, numa mesma oração, pedimos ao Astral que abra suas portas e deixe nossa homenagem chegar a você, nosso eterno herói Palhaço! Queremos, mais do que nunca, que nesse Palco de Ilusões, a Sapucaí, todos embarquem nessa mesma emoção, pois se Deus deu ao homem o dom de sorrir, ele certamente criou o palhaço para nos fazer gargalhar! Um “Viva” aos Palhaços do Brasil e do mundo! Um “Viva” para você, Palhaço Carequinha, motivo de nossa maior paixão e orgulho! Bravo Carequinha!!! Bravíssimo!!! Tá certo ou não tá?

Jaime Cezário
Carnavalesco e autor do texto

Fechado para novos comentários.