Tag: liesa

Liesa divulga justificativas do Grupo Especial

juradosA Liesa divulgou, na tarde desta segunda-feira, as cópias dos mapas de notas com as justificativas dos julgadores do Desfile das Escolas de Samba do Grupo Especial.

As justificativas dos jurados estão disponíveis no site da Liga.

Share via email

Liesa se pronuncia sobre denúncias

liesaA Liga Independente das Escolas de Samba do Rio de Janeiro (Liesa) divulgou, no final da tarde desta terça-feira, nota a respeito das gravações em áudio que registrariam suposto favorecimento no julgamento dos desfiles do Grupo Especial, conforme exposto na imprensa pelo diretor de Carnaval da Beija-Flor de Nilópolis, Laíla.

Confira a nota abaixo:

“A Liesa esclarece que assim que tomou ciência da existência do áudio, afastou preventivamente o julgador de Bateria, Fabiano Rocha, evitando qualquer eventual prejuízo ao resultado do Carnaval 2016. Quanto à divulgação do áudio, cabe à escola Beija-Flor esclarecer como o arquivo citado na denúncia foi obtido.

Sobre o inquérito da Delegacia Fazendária, a Liesa já foi notificada e prestará todas as informações necessárias para elucidar os fatos.”

Share via email

Liesa define módulos de jurados

juradosA Liga Independente das Escolas de Samba realizou, na noite desta segunda-feira, 18 de janeiro, a segunda e última etapa do ciclo de palestras para os julgadores que atuarão na avaliação dos desfiles do Grupo Especial no Carnaval 2016.

Estiveram presentes na sede da entidade julgadores dos quesitos Enredo, Alegorias e Adereços, Fantasias, Comissão de Frente e Mestre-Sala e Porta-Bandeira.

Antes do início dos comentários sobre os critérios de julgamento foram sorteados os módulos nos quais eles atuarão durante os desfiles – abaixo, a composição completa, incluindo os nove quesitos:

Módulo 1

Samba-enredo – Mauro Costa Junior
Harmonia – Humberto Fajardo da Silva
Evolução – Marisa Maline
Bateria – Fabiano Rocha
Enredo – Johnny Soares
Alegorias e adereços – João Niemeyer
Fantasias – Regina Oliva
Comissão de frente – Marcus Nery Magalhães
Mestre-sala e porta-bandeira – Paulo Rodrigues

Módulo 2

Samba-enredo – Eri Galvão
Harmonia – Célia Souto
Evolução – Edileuza Batista de Aleluia
Bateria – Sérgio Naidin
Enredo – Artur Nunes Gomes
Alegorias e adereços – Madson Oliveira
Fantasias – Paulo Paradela
Comissão de frente – Raphael David
Mestre-sala e porta-bandeira – Beatriz Badejo

Módulo 3

Samba-enredo – Clayton Fábio Oliveira
Harmonia – Mirian Orofino Gomes
Evolução – Salete Lisboa
Bateria – Ary Jayme Cohen
Enredo – Pérsio Gomyde Brasil
Alegorias e adereços – Walber Ângelo de Freitas
Fantasias – Helenice Gomes
Comissão de frente – João Wlamir
Mestre-sala e porta-bandeira – Aurea Hämmerli

Módulo 4

Samba-enredo – Alfredo Del-Penho
Harmonia – Jardel Maia Rodrigues
Evolução – Paola Novaes
Bateria – Cláudio Luiz Matheus
Enredo – Marcelo Figueira
Alegorias e adereços – Rebeca Kaiser
Fantasias – Desirée Bastos
Comissão de frente – Paulo César Morato
Mestre-sala e porta-bandeira – Mônica Barbosa

Share via email

Liesa sorteou módulos de 4 quesitos

juradosFoi realizada na noite desta segunda-feira, 11 de janeiro, na sede da Liesa, a primeira etapa do curso de julgadores que atuarão nos desfiles do Grupo Especial no Carnaval 2016.

Estiveram presentes os julgadores de quatro quesitos: samba-enredo, harmonia, evolução e bateria. Os 16 tiveram sorteadas suas posições nos módulos que ocuparão nos desfiles:

SAMBA-ENREDO
módulo 1 – Mauro Costa Junior
módulo 2 – Eri Galvão
módulo 3 – Clayton Fábio Oliveira
módulo 4 – Alfredo Del-Penho

HARMONIA
módulo 1 – Humberto Fajardo da Silva
módulo 2 – Célia Souto
módulo 3 – Mirian Orofino Gomes
módulo 4 – Jardel Maia Rodrigues

EVOLUÇÃO
módulo 1 – Marisa Maline
módulo 2 – Edileuza Batista de Aleluia
módulo 3 – Salete Lisboa
módulo 4 – Paola Novaes

BATERIA
módulo 1 – Fabiano Rocha
módulo 2 – Sérgio Naidin
módulo 3 – Ary Jayme Cohen
módulo 4 – Cláudio Luiz Matheus

Na próxima segunda-feira serão sorteadas as posições dos julgadores de enredo, alegorias e adereços, fantasias, comissão de frente e mestre-sala e porta-bandeira, também na sede da Liesa, às 19h.

Share via email

Venda de Arquibancadas Especiais no Sambódromo

sapucaiQuem ainda não conseguiu comprar ingressos de arquibancadas especiais para os desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial no Domingo e Segunda-Feira, basta se dirigir até o estande BRADESCO/LIESA instalado atrás do Setor 11, no Sambódromo, com acesso pela Rua Salvador de Sá. O atendimento começa nesta quinta-feira, dia 7, sempre de segunda à sexta, das 10h às 16h, com pagamento somente em dinheiro.

Há disponibilidade de ingressos para todos os setores, tanto no domingo (7 de fevereiro), quanto na segunda-feira (8 de fevereiro), com preços variando entre R$ 220 e R$ 320.

“Esses ingressos são remanescentes da chamada anterior, feita através de atendimento por telefone para compradores das cidades atendidas pelo código telefônico de área 21. Esses ingressos foram reservados e não foram quitados nos prazos amplamente divulgados pela imprensa”, explica o responsável pela Central LIESA de Atendimento e Vendas, Heron Schneider.

MEIA-ENTRADA: A compra de ingresso de meia-entrada é pessoal e intransferível. Após a devida comprovação do respectivo direito, o ingresso de meia-entrada será emitido individualmente e personalizado (com nome e CPF).

ATENÇÃO: Nos dias de desfiles, os adquirentes de meia-entrada terão SEU ACESSO EXCLUSIVAMENTE PELOS SETORES 08 (lado par) e 09 (lado ímpar), onde os funcionários das roletas, especialmente designados, farão a conferência da identificação do ingresso de meia-entrada com a respectiva documentação do portador.

IMPORTANTE:

CAMAROTES – Ainda há possibilidade de aquisição. Contatar a Central de Atendimento e Vendas.

FRISAS

– para domingo (07.02) – somente 24 frisas disponíveis

– para segunda-feira (08.02) – esgotadas

– para o Sábado das Campeãs (13.02) – 70% das frisas já vendidas.

Outras informações:

Central Liesa de Atendimento e Vendas

Rua da Alfândega, 25 – lojas B e C, Centro do Rio

Tel. (21) 22 33 – 81 51

Vendas para compradores de localidades

fora do código telefônico de área 21

prossegue até 27 de janeiro

O atendimento é idêntico ao de anos anteriores e também terá a disponibilização do ingresso de meia-entrada, observada a legislação vigente. Para este serviço, prestado através do sistema de call center, com cobrança de taxa de administração, foram reservados aproximadamente 25% dos ingressos de cada setor, e a venda ocorrerá até o dia 27 de janeiro de 2016. O pagamento dos ingressos será feito através de depósito identificado em qualquer agência Bradesco da preferência do adquirente. Para esses compradores também já estão disponibilizados os ingressos para o desfile do Sábado das Campeãs.

Tel.: 0xx21-3032-0001

Atendimento: de Segunda à Sexta (das 9h às 17h, horário de Brasília).

PRÉ-CADASTRAMENTO

Com a intenção de proporcionar um melhor atendimento aos clientes que se encontram em cidades não atendidas pelo código telefônico de área 21, a LIESA disponibiliza um PRÉ-CADASTRAMENTO aos interessados em comprar ingressos de Arquibancadas Especiais para o Carnaval Rio 2016.

Esse PRÉ-CADASTRAMENTO não caracteriza reserva, nem garante o ingresso. É apenas um meio de agilizar e otimizar o atendimento, bem como minimizar erros de processamento, desobrigando com isso o usuário da necessidade do uso de fax para intercomunicação.

COMO PROCEDER:

1 – Os interessados em adquirir ingressos de outras localidades/fora do código telefônico de área 21 deverão acessar o site: www.liesa.com.br ;

2 – Clicar no banner “PRÉ-CADASTRAMENTO/CLIENTES OUTRAS LOCALIDADES” para acessar a descrição desse processo;

3 – Para acessar ao formulário a ser preenchido, clicar novamente em cima do banner “PRÉ-CADASTRAMENTO/CLIENTES OUTRAS LOCALIDADES”;

4 – Preencher, por completo, o formulário que aparecerá na tela;

5 – Clicar em “ENVIAR” após preenchidos corretamente todos os campos do formulário;

6 – O interessado receberá no e-mail informado no formulário uma solicitação de confirmação de cadastro. Siga as orientações ali contidas;

7 – Concluído o passo acima, lhe será enviado um novo e-mail registrando o sucesso do seu cadastramento e o mais importante: uma “SENHA” que deverá ser utilizada/informada quando for efetuada a ligação telefônica destinada à compra dos seus ingressos junto à atendente do call-center, no telefone 21 – 3032-0001;

IMPORTANTE:

I – Esse PRÉ-CADASTRAMENTO, como já informado, além de agilizar o tempo de atendimento/ligação, é condição imprescindível para dispensa de indicação de número de um fax para receber a confirmação da reserva e instruções de pagamento que será efetuada através do e-mail cadastrado.

II – O comprador que não tiver sua senha de pré-cadastro, só poderá efetuar sua compra mediante indicação de um fax para recebimento da confirmação da reserva e instruções de pagamento.

ATENÇÃO: Conforme determinam e observado o disposto nas leis (Federal) nº 10.741/2003, (Estadual) nº 3.364/2000, (Estadual) 4.240/2003 e (Municipal) nº 3.424/2002 e o DECRETO FEDERAL 8.537 DE 05/10/2015, a compra de meia-entrada é direito pessoal e intransferível. Por essa razão, sua aquisição deverá ter origem por meio de uma ligação específica, que irá gerar um ingresso personalizado (com nome e CPF), conforme anteriormente descrito. Cabe registrar que os portadores de ingressos de meia-entrada deverão dirigir-se às roletas de acesso existentes nos setores 08 (lado par) e 09 (lado ímpar), onde funcionários especialmente designados farão a conferência do ingresso com a documentação do portador, quando de seu acesso à Passarela.

PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNEs) poderão se habilitar às 300 entradas gratuitas que são distribuídas pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Esses ingressos darão acesso a um setor especial situado ao lado das cadeiras individuais do Setor 13 do Sambódromo.

Outras Informações:

Central LIESA de Atendimento e Vendas

Rua da Alfândega, 25 – lojas B e C, Centro do Rio

Tel: (21) 2233-8151

Share via email

Liesa divulga jurados para 2016

juradosA Liga Independente das Escolas de Samba (Liesa) divulgou, na noite dessa segunda-feira (28), a lista dos jurados do Grupo Especial para o Carnaval 2016. A lista foi modificada em 11 nomes em relação ao júri do carnaval passado, o que ocasiona uma renovação em cerca de 1/3 do corpo do julgadores. Os quesitos Samba-Enredo, Evolução, Bateria e Enredo foram os mais alterados, com duas modificações. Harmonia e Comissão de Frente mantiveram os mesmos jurados de 2015.  A se destacar a chegada de seis novos jurados (dois deles vindos da Série A) e o retorno de outros cinco, que estiveram de fora do júri de 2015.

Confira a lista. As novidades estão em negrito:

Samba-Enredo
Alfredo Del-Penho
Clayton Fábio Oliveira
Eri Galvão
Mauro Costa Junior

Harmonia
Célia Souto
Mirian Orofino Gomes
Jardel Maia Rodrigues
Humberto Fajardo da Silva

Evolução
Edileuza Batista de Aleluia (retorn0)
Marisa Maline (retorno)
Paola Novaes
Salete Lisboa

Bateria
Ary Jayme Cohen
Cláudio Luiz Matheus
Fabiano Rocha
Sérgio Naidim (retorn0)

Enredo
Artur Nunes Gomes
Johnny Soares
Marcelo Figueira
Pérsio Gomyde Brasil (retorno)

Alegorias e Adereços
Rebeca Kaiser (veio da Série A)
João Niemeyer
Madson Oliveira
Walber Ângelo de Freitas

Fantasias
Desirée Bastos
Helenice Gomes
Paulo Paradela (retorno)
Regina Oliva

Comissão de Frente
João Wlamir
Marcus Nery Magalhães
Paulo César Morato
Rafael David

Mestre-Sala e Porta-Bandeira
Aurea Härmmerli
Beatriz Badejo
Mônica Barbosa
Paulo Rodrigues (veio da Série A)

 

Share via email

Globo repetirá transmissão de 2015

beijaflor2015 - foto Gabriel Santos RioturA Liesa anunciou, na noite de quinta-feira (17), que a transmissão do desfile do Grupo Especial em 2016 será nos mesmos moldes de 2015. Ou seja, a primeira escola de cada dia (Estácio de Sá, no domingo, e Vila Isabel, na segunda) serão exibidas após o encerramento da apresentação da última escola.

A decisão foi tomada após a repercussão da reunião realizada na véspera, em que o diretor de transmissão da emissora, Boninho, informou que, além das citadas, União da Ilha e Salgueiro seriam exibidas em compactos antes da abertura oficial da transmissão ao vivo. Devido a protestos nas redes sociais, a emissora voltou atrás.

O presidente da Liesa, Jorge Castanheira, não descarta postergar o horário do início do desfile em 2017 para que todas as escolas sejam exibidas ao vivo. Cabe lembrar que, em 2014, o início do desfile foi atrasado das 21h para às 21h30 e, mesmo assim, a Globo não transmitiu todas as agremiações.

Share via email

Síndrome de Estocolmo no samba

tv-quebrada1

ANDERSON BALTAR

Por conta de um dia atribulado de trabalho, só agora tenho condições de escrever sobre a lamentável decisão da Rede Globo em mutilar, com requintes de crueldade e desrespeito, a transmissão do desfile das escolas de samba no Carnaval 2016. Muitos colegas colunistas já definiram, com a devida propriedade, o sentimento de frustração e revolta que tomou o mundo do samba desde a noite de quarta-feira (16), quando a notícia começou a circular. Desta forma, para não correr o risco de ser repetitivo, pretendo abordar a situação de uma forma mais ampla e procurando encontrar alternativas.

É público e notório que, há cerca de 15 anos, quando se institucionalizou o monopólio da transmissão televisiva, as escolas de samba cariocas passaram a se tornar reféns da Rede Globo de Televisão e seus interesses. Por conta de contrato, já assistimos grandes escolas abrindo desfiles, como um chamariz para o horário nobre da emissora. Também ficamos alijados, por muitos anos, da exibição das escolas do Grupo de Acesso por conta da tentativa de nacionalizar um evento local – no caso, o desfile paulista. Assistimos impotentes à redução do tempo de desfile e do número de escolas. Pior: constatamos a mutação do desfile em apenas mais um sensaborão programa da linha de shows, com a transformação do boxe de bateria em uma boate brega, a interrupção da narração para flashes bobocas em camarotes, a escalação muitas vezes inexplicável de comentaristas e a total falta de análise crítica das apresentações das escolas.

Muitos sambistas, especialmente os dirigentes, dizem: “não podemos fazer nada, são eles que pagam”. O que mais me choca são as opiniões que vêm a seguir. Algo como “a TV é uma grande parceira, sem ela nós não teríamos a menor condição de fazer o grande espetáculo”. Não tenho outra definição para esse estado de coisas do que dizer que os nossos dirigentes são acometidos de uma inexplicável Síndrome de Estocolmo em relação à TV Globo. Ninguém está confortável, ninguém gosta do produto. Mas ninguém tem coragem de contestar e ainda há quem diga que é ruim com a Globo, mas seria muito pior sem ela.

Será? Talvez se as escolas de samba continuarem adormecidas em relação a uma visão profissional de Comunicação. O mundo do carnaval ainda engatinha em relação a conceitos simples de Marketing. A isso, soma-se uma visão eterna de vira-latas que o sambista tem em relação à mídia e que remonta aos tempos dos tripés pede-passagem, que sempre saudavam a imprensa escrita, falada e televisada. Na cabeça de muito sambista, é uma bênção ter uma grande emissora de TV transmitindo o desfile e, para não perder essa benesse, qualquer coisa deve ser aceita goela abaixo. Não!

A televisão é importante? Sem dúvidas. Mas não pode ser a principal fonte de receitas das escolas de samba. Especialmente em um momento em que a TV aberta decai a olhos vistos em matéria de audiência, relevância e faturamento. A própria TV a cabo já se encontra superada em vários aspectos. Estamos na era do streaming e do on demand, em que muitas pessoas já nem assistem mais os programas convencionais. Ao contrário, pagam serviços como Netflix e consomem canais do Youtube.

Qual o caminho? Abrir o leque de possibilidades de arrecadação. Com um boa estratégia de Marketing, é possível criar categorias de patrocínio, abarcando diversos tipos de segmentos. É seguir os bons modelos existentes, como o da Copa do Mundo e dos Jogos Olímpicos, nos quais as empresas se digladiam para ter o direito de ser a caneta ou o curso de inglês oficial do evento. Desta forma, vários tipos de companhias com diversas capacidades de investimento conseguirão chegar ao carnaval.

Além disso, é fundamental tratar bem o público que vai à Sapucaí, possibilitando uma boa experiência ao assistir ao desfile, com boas opções de consumo e entretenimento ao longo da avenida. Que o acesso seja rápido, fácil e seguro. Que a comida seja boa. Que a fila no banheiro seja pequena. E, principalmente, que os ingressos sejam vendidos pela internet. Lugar de fax é no museu.

Tratando bem quem vai à avenida, essa pessoa volta. E indica aos amigos. E faz a relevância do evento aumentar ainda mais. Não é o que assistimos nos últimos anos. Os ingressos já não se esgotam mais na velocidade anterior e podem ser comprados, em muitos casos, ainda no dia do desfile. Os milhares de turistas que vêm à cidade para o carnaval de rua não são nem um pouco estimulados para conhecer a Sapucaí. Estamos nos fechando em nosso mundinho e, pior, graças a estratégias equivocadas, deixando de conquistar outros corações. Com uma transmissão ruim e mutilada, quem vai passar a gostar das escolas de samba?

E, nem precisa dizer, acabar com esse tenebroso monopólio de transmissão. Não é possível que um terço de um evento de tamanha relevância não seja exibido para que um reality show seja priorizado. É um escárnio saber que a TV Globo trata o carnaval da mesma forma que trata um campeonato de MMA. E, aí, não se iluda, a relação tem de ser profissional. O contrato deve obrigar a transmissão do evento na íntegra. E ponto final. Não dá mais para tolerar o papo de que “eles são nossos parceiros”. A relação é comercial e a transmissão de TV não pode ser encarada como quase uma esmola. Basta se impor. A Fifa exige das emissoras que compram os direitos a exibição das 64 partidas. E a Globo obedece.

Para finalizar, cabe retornar a um ponto que foi abordado pelo manifesto que ajudei a elaborar em 2012 e foi encampado pelo então candidato a prefeito Marcelo Freixo. É necessário, para ontem, que haja alguma regulamentação que impeça o monopólio. Lanço desde já a ideia de que formemos um grupo de sambistas e preparemos, em conjunto com deputados federais comprometidos com a cultura popular, um projeto de lei que faculte às TVs educativas o direito de transmitir, sem qualquer tipo de pagamento de direitos, qualquer evento cultural que tenha investimento público e relevância social. Desta forma, pelo menos, garantiríamos uma forma de o público não ser afetado por essa lamentável prática do “compro, mas não transmito”, tão comum à Rede Globo de Televisão.

Share via email

Arquibancadas e cadeiras no sábado

liesaCom valores a partir de R$ 110,00 (meia-entrada) a R$ 320,00 (inteira), os ingressos de arquibancadas especiais e cadeiras individuais para os desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial serão colocados à venda no dia 12 de dezembro de 2015, a partir das 9h (horário de Brasília). A LIESA repetirá o sistema de venda através de linhas telefônicas.

Clique para saber a disponibilidade de ingressos para telefones do Rio de Janeiro e para moradores de outras cidades

Esse sistema estará direcionado exclusivamente a quem se encontra nas cidades de código telefônico de área 21. No momento da ligação serão fornecidas informações e instruções de como o interessado deve proceder para garantir seu lugar no Sambódromo nos dias 7 (Domingo de Carnaval) e 8 (Segunda-feira de Carnaval) de fevereiro, usando seu número do CPF.

Veja como é fácil
# ligue para o número de telefone correspondente ao setor desejado;
# no atendimento será solicitado o numero do CPF do interessado/tenha-o em mãos;
# após a validação do número do CPF, é solicitado ao comprador a quantidade de ingressos desejados por dia de desfile, de um até o máximo de quatro, ou nenhum, se não desejar ingressos para determinado dia. Se desejar adquirir ingresso de meia-entrada, o comprador deverá informar esse desejo, lembrando que terá direito a apenas 1 (um) ingresso para cada dia.

ATENÇÃO: quando do pagamento, não será permitida a substituição do ingresso reservado com valor integral por ingresso de meia-entrada.

# confirmada(s) a(s) quantidade(s) desejada(s), será fornecido ao comprador uma senha individual e informada a agência do BRADESCO a qual ele deverá se dirigir para efetivar a compra dos ingressos, nos dias 21 e 22 de dezembro de 2015.

ATENÇÃO: Conforme determinam e observado o disposto nas leis (Federal) nº 10.741/2003, (Estadual) nº 3.364/2000, (Estadual) 4.240/2003, (Municipal) nº 3.424/2002 e o DECRETO FEDERAL 8.537 DE 05/10/2015 a compra de meia-entrada é direito pessoal e intransferível. Por essa razão, sua aquisição deverá ter origem por meio de uma ligação específica, que irá gerar um ingresso personalizado (com nome e CPF), conforme anteriormente descrito. Cabe registrar que os portadores de ingressos de meia-entrada deverão dirigir-se às roletas de acesso existentes nos setores 08 (lado par) e 09 (lado ímpar), onde funcionários especialmente designados farão a conferência do ingresso com a documentação do portador, quando de seu acesso à Passarela.

IMPORTANTE: A retirada dos ingressos de meia-entrada só poderá ser efetuada com a devida comprovação do respectivo direito, pois o ingresso será nominal, pessoal e intransferível.
Em anexo a tabela de preços de Arquibancadas Especiais e Cadeiras Individuais, bem como os telefones correspondentes a cada setor, quantidade de ingressos disponibilizados e respectivos locais de pagamento.

ATENÇÃO: A LIESA NÃO VENDE INGRESSOS DO SAMBÓDROMO PELA INTERNET

Vendas para compradores de outras localidades
e fora do código telefônico de área 21
será de 14 de dezembro a 27 de janeiro

O atendimento será idêntico ao dos anos anteriores e também terá a disponibilização do ingresso de meia-entrada, observada a legislação vigente. Para este serviço, prestado através do sistema de call center, com cobrança de taxa de administração, serão reservados aproximadamente 25% dos ingressos de cada setor, com venda a partir de 14 de dezembro de 2015. O pagamento dos ingressos será feito através de depósito identificado em qualquer agência Bradesco da preferência do adquirente. Para esses compradores também serão disponibilizados os ingressos para o desfile do Sábado das Campeãs.

Tel.: 0xx21-3032-0001
Atendimento: de Segunda à Sexta (das 9h às 17h, horário de Brasília).

PRÉ-CADASTRAMENTO

Com a intenção de agilizar e proporcionar uma melhor qualidade no atendimento aos nossos clientes, a LIESA, este ano, disponibilizará um PRÉ-CADASTRAMENTO das pessoas interessadas em comprar ingressos de Arquibancadas Especiais e Cadeiras Individuais para o Carnaval Rio 2016, que se situam fora do código telefônico de área 21.

Esse PRÉ-CADASTRAMENTO não caracteriza reserva, nem garante o ingresso. É apenas um meio de agilizar e otimizar o atendimento, bem como minimizar os erros de processamento, desobrigando com isso ao usuário da necessidade do uso de fax para intercomunicação.
Previsão de liberação ao Público: 08/12/2015 (Através do site www.liesa.com.br)
COMO PROCEDER:

1 – Os interessados em adquirir ingressos de outras localidades/fora do código telefônico de área 21 deverão acessar o site: www.liesa.com.br ;

2 – Clicar no banner “PRÉ-CADASTRAMENTO/CLIENTES OUTRAS LOCALIDADES” para acessar a descrição desse processo;

3 – Para acessar ao formulário a ser preenchido, clicar novamente em cima do banner “PRÉ-CADASTRAMENTO/CLIENTES OUTRAS LOCALIDADES”;

4 – Preencher, por completo, o formulário que aparecerá na tela;

5 – Clicar em “ENVIAR” após preenchido corretamente todos os campos do formulário;

6 – O interessado receberá no e-mail informado no formulário uma solicitação de confirmação de cadastro. Siga as orientações ali contidas;

7 – Concluído o passo acima, lhe será enviado um novo e-mail registrando o sucesso do seu cadastramento e o mais importante: uma “SENHA” que deverá ser utilizada/informada quando for efetuada a ligação telefônica destinada a compra dos seus ingressos junto a atendente do call-center;

IMPORTANTE:

I – Esse PRÉ-CADASTRAMENTO como já informado acima, além de agilizar o tempo de atendimento/ligação, é condição imprescindível para dispensa de indicação de número de um fax para receber a confirmação da reserva e instruções de pagamento; que será efetuada através do e-mail cadastrado;

II – O comprador que não tiver sua senha de pré-cadastro só poderá efetuar sua compra mediante indicação de um fax para recebimento da confirmação da reserva e instruções de pagamento.

ATENÇÃO: Conforme determinam e observado o disposto nas leis (Federal) nº 10.741/2003, (Estadual) nº 3.364/2000, (Estadual) 4.240/2003, (Municipal) nº 3.424/2002 e o DECRETO FEDERAL 8.537 DE 05/10/2015 a compra de meia-entrada é direito pessoal e intransferível. Por essa razão, sua aquisição deverá ter origem por meio de uma ligação específica, que irá gerar um ingresso personalizado (com nome e CPF), conforme anteriormente descrito. Cabe registrar que os portadores de ingressos de meia-entrada deverão dirigir-se às roletas de acesso existentes nos setores 08 (lado par) e 09 (lado ímpar), onde funcionários especialmente designados farão a conferência do ingresso com a documentação do portador, quando de seu acesso à Passarela.

PORTADORES DE NECESSIDADES ESPECIAIS (PNEs) poderão se habilitar às 300 entradas gratuitas que são distribuídas pela Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência. Esses ingressos darão acesso a um setor especial situado ao lado das cadeiras individuais do Setor 13 do Sambódromo.

Em anexo a tabela de preços de Arquibancadas Especiais e Cadeiras Individuais, bem como quantidade de ingressos disponibilizados para localidades fora do código telefônico de área 21, por setor / tipo.

ATENÇÃO: A LIESA NÃO VENDE INGRESSOS DO SAMBÓDROMO PELA INTERNET

Share via email

Ouça o CD do Grupo Especial

A Liesa (Liga Independente das Escolas de Samba), divulgou para toda a imprensa na tarde desta quinta-feira (05) uma amostra do CD do Grupo Especial do Carnaval 2016. Clique na playlist abaixo para ouvir.

Confira as letras dos sambas:

Beija-Flor
Acadêmicos do Salgueiro
Acadêmicos do Grande Rio
Unidos da Tijuca
Portela
Imperatriz Leopoldinense
Mocidade Independente de Padre Miguel
São Clemente
União da Ilha do Governador
Estação Primeira de Mangueira
Unidos de Vila Isabel
Estácio de Sá

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Share via email