Associação de blocos
1

Unidos do Cabral divulga sinopse

27 de setembro de 2013
88 Vizualizações
0 Comentários
4 minutes read
Unidos do Cabral divulga sinopse

A Unidos do Cabral abre suas portas, neste sábado dia 28 de setembro de 2013, às 16 horas, para os sambistas e compositores para a entrega da sinopse do carnaval de 2014. O enredo será “ Na terra de Cabral, o que vale é o Real.”  Segundo a proposta do enredo, a Unidos do Cabral entra na avenida para emitir o “selo da vitória”, mostrando ao povo sambista que um carnaval idealista gera “títulos” de alegrias e não capitalistas.

O carnavalesco responsável pela comissão de carnaval é o Leonardo Soares.A quadra fica na Rua Álvares Cabral, 140 . A Unidos do Cabral está no Grupo 2 da Federação dos Blocos e será a segunda a desfilar no Sábado de Carnaval na Estrada Intendente Magalhães.

Segue a sinopse:

“Na terra de Cabral, o que vale é o Real!”

É chegada a hora… Terra à vista! E é descoberto o Brasil… Nesta Terra onde o que se planta dá…Até índio foi dinheiro, Negro foi escravizado por um valor corriqueiro, e o colonizador nem sabia que o “Cauri” que o povo negro trazia era também de grande valia… E o nosso grande Cabral, começava o comércio e a exploração das riquezas do Brasil… O Europeu no “troca-troca” foi carregando o Pau-Brasil… Mal sabiam os “amarelos” que neste país tão lindo e belo riquezas não faltariam… Nossa cana e o café são plantados com avidez, mas “Vespúcio” não sabia que da terra surgiria o metal mais nobre que seu nobre “Rei”… Reluzente como o rei “Sol”… Esse precioso metal, não traria só alegrias, pois a cobiça descabida levaria alguns até a morte… E a realeza natural nos leva a um ciclo magistral, é a borracha minha gente a nova moeda corrente…

Lá se vão longos anos, e o povo “comerciando”, o papel virou dinheiro, e no “conto” financeiro nem uns Réis para o brasileiro… Nosso “Cruzeiro” virou “cruzado”, mas o céu ainda estrelado guia o povo em busca do Eldorado…

Foram planos e enganos, taxaram nosso dinheiro… Mas o povo que tem ginga, dribla a dureza, dá seu “jeito” com firmeza e até gol de “barriga” vale pra não ter tristeza… Há o “País do carnaval”… Bonito por natureza energiza a avenida… Pra mostrar que agora somos o país da “Realeza”… E de “Real” em “real”, não faremos o nosso vilão inflacionar, na fila comprando óleo, leite e arroz… Nos 20 anos de nossa “realeza”, contaremos com certeza com a fiscalização do nosso rei do carnaval, os impostos são sorrisos, debite a preguiça e samba até o dia clarear… Pois no ano de 2014, a Unidos do Cabral entra na avenida para emitir o “selo da vitória”, mostrando ao povo sambista que um carnaval idealista gera “Títulos” de alegrias, e não capitalistas… Pois “Na terra de Cabral o que vale é o Real!”.

Carnavalesco: Leonardo Soares
Presidente: Glaucinei Moreira

Fechado para novos comentários.